Como funciona

O que é e como funciona um servidor DNS?

O Domain Name System (DNS) é uma tecnologia que torna muito mais fácil utilizar qualquer tipo de site. Na realidade, muitos internautas não têm ideia de como acessar qualquer endereço eletrônico seria complicado se não fosse o DNS: seria necessário colocar diversos números na barra de navegação, da mesma forma que se faz quando se vai às configurações do roteador.

É claro que seria muito complicado ter todos os códigos numéricos para usar os sites necessários: os internautas precisariam de um arquivo imenso e seria muito fácil eles se confundirem e chegarem a sites diversos daqueles que queriam.

É para isso não ocorrer que o DNS foi criado: ele serve para que todos esses códigos numéricos sejam transformados em um nome: é por isso que se coloca “Facebook” no navegador e não uma sequência de números.

Defeito com o DNS

No caso de a internet não se conectar, é comum que o aviso de erro diga que há um problema com o servidor DNS. O significado disso é que o servidor onde ficam todas as correspondências entre os códigos numéricos e os sites está indisponível e isso pode ocorrer porque o sinal de internet caiu, por exemplo. Uma vez que não se tem o sinal, também não se pode achar o site em questão e o computador repassa que não pode fazer a conexão.

Como o DNS não esquece esses sites?

É verdade que existem milhões de sites e, por causa disso, também combinações infinitas que serviriam para eles serem acessados. Dessa forma, é válido perguntar como o DNS nunca se esquece deles: como é que esse sistema sabe que aquele nome digitado corresponde a um código numérico especifico?

A primeira explicação é que existem servidores raiz espalhados pelo mundo, sendo 13. Eles registram todas as correspondências entre os sites e os códigos de números e o motivo de haver tantos servidores desse é assegurar que a Internet não vai ser interrompida por não se poder acessar sites. Sendo assim, cada servidor funciona como uma reserva para os anteriores.

Todavia, também há uma coisa chamada de cache de DNS: quando as pessoas acessam diversas páginas em seus navegadores, elas ficam registradas exatamente no cache. Quando ele é limpo, significa que os sites que já foram abertos naquele dispositivo não serão mais localizados automaticamente.

É claro que esse cache de DNS faz com que o sistema ache mais rápido a que numeração aquele site diz respeito para que a página aberta esteja certa.

O que o internauta deve fazer quando o servidor DNS mostrar problema?

Muitas vezes, é suficiente que se desligue o roteador e que se reinicie o computador para que o servidor DNS retorne ao funcionamento. Afinal, ele pode ficar “corrompido” por causa de algum erro da própria conexão.

Entretanto, também se pode observar se o Protocolo TCP/IPv4 está ativo e isso é confirmado nas configurações de Internet. Para localizar, basta procurar pela Central de Redes e Compartilhamento e, em seguida, utilizar o Propriedades.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.